top of page
  • Foto do escritorAbadia de Nossa Senhora da Assunção

O amor de Cristo é a morte da morte


Forte é a morte, que nos pode tirar os dons da vida. Forte é o amor, que nos pode restituir uma vida melhor. Forte é a morte, que tem o poder de nos espoliar dos despojos deste corpo. Forte é o amor, que tem o poder de destruir os espólios da morte, e nos consolar. Forte é o a morte, diante da qual o homem não pode resistir. Forte é o amor, que sobre a mesma pode triunfar, seu aguilhão golpear, seus laços relaxar, sua vitória confundir. É então que será insultada, dizendo-se: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó morte, a tua vitória? O amor é forte como a morte, pois o amor de Cristo é a morte da morte. Por isso ele diz: “Ó morte, serei a tua morte! Serei a tua ruína, ó inferno!”

Balduíno de Ford, Tratado X



Balduinus Fordensis, Tractatus X

60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page